PRIMEIRO CURSO INTEGRAL DE LOGÍSTICA

Engenharia Logística e de
Produção

Documentação

Consta de cinco documentos correspondentes a cada um dos assuntos abaixo assinalados e que incluem, no total, de  414 páginas, 111 gráficos, 51 tabelas e 19 desenhos:

  1. INTRODUÇÃO À PRODUTIVIDADE EM ARMAZÉNS

  2. PREPARAÇÃO DE ENCOMENDAS

  3. PRODUTIVIDADE INFORMATIZADA

  4. GESTÃO DE STOCKS

  5. CARACTERÍSTICAS PARTICULARES DA ARMAZENAGEM:

INTRODUÇÃO À PRODUTIVIDADE DE ARMAZÉNS:

COMO CONCEBER UM SISTEMA DE ARMAZENAGEM

 

O documento consta de 72 páginas, 34 gráficos, 16 tabelas e 4 desenhos.

 

ÍNDICE:

  1. Introdução.
  2. Causas que geram a necessidade do projecto.
  3. Fases do projecto:
    1. Fase de concepção.
    2. Fase de realização.
  4. Âmbito e exclusões.
  5. Fases do projecto de concepção:
    1. Recolha de dados.
    2. Alternativas a considerar.
    3. Participação do pessoal envolvido.
    4. Previsões da evolução.
    5. Planeamento do projecto.
  6. Síntese dos dados.
    1. Generalidades do armazém:
      1. Fluxos das mercadorias.
      2. Transacções.
      3. Estrutura do sistema de códigos.
      4. Mapa de tempos.
    2. Particularidades do armazém:
      1. Famílias de produtos.
      2. Quantidade de elementos de contenção.
      3. Capacidade inicial.
      4. Medidas físicas iniciais.
      5. Escritórios.
      6. Relação entre veículos na recepção e na expedição.
      7. Produtos armazenados.
    3. Diagramas e matrizes de fluxos.
    4. Metodologia de trabalho:
      1. Processo do circuito de entradas.
      2. Processo do circuito de saídas.
    5. Panorama final para o início do estudo.
  7. Soluções preliminares.
    1. Objectivos.
    2. Procedimento de selecção.
    3. Esquema de trabalho.
    4. Cálculos:
      1. Numero de elementos de contenção.
      2. Numero de empilhadores, preparador de encomendas, etc...
      3. Numero de cais.
      4. Áreas e volumetrias associadas.
    5. Escritórios: relações e interdependência.
    6. Soluções da implantação.
    7. Estimativa de investimentos.
    8. Quadros comparativos:
      1. Qualitativos.
      2. Quantitativos.
  8. Agradecimentos.

PREPARAÇÃO DE ENCOMENDAS:

FERRAMENTAS E SISTEMAS PARA A OPTIMIZAÇÃO DO TRABALHO

 

O documento possui 110 páginas, 13 desenhos, 7 gráficos e uma tabela.

 

ÍNDICE:

  1. Introdução.
  2. Estrutura de Trabalho e modalidades básicas de Preparação de Encomendas.
  3. Análise de Fluxos: Ferramentas Base de Optimização de Circuitos no armazém.
    1. Introdução.
    2. Diagramas de fluxos.
    3. Influência ou distorção nos fluxos internos produzida pela localização dos produtos segundo o seu nível de movimentos. Classificação ABC dos produtos. Tipos fundamentais de classificação ABC utilizados na análise de movimentos.
    4. Optimização de Circuitos.
  4. Processos ON-LINE versus processos BATCH.
    1. Preparação (on-line), encomenda a encomenda.
    2. Preparação agrupada de encomendas ("en batch"). Recolha ("picking") primário – recolha secundária.
  5. Controlo de erros na preparação de encomendas.
    1. Introdução.
    2. Métodos de Controlo de erros.
    3. Sistemas de Códigos de Barras.
  6. Metodologias para a economia de mão de obra na preparação de encomendas.
    1. Introdução.
    2. Parques de carga.
    3. Capacidade dos Métodos de Contenção.
    4. Movimentos Combinados.
  7. Equipamentos e sistemas normalmente utilizados nas instalações modernas para a Preparação de Encomendas.
    1. Introdução.
    2. Movimentação de duas paletes por movimento.
    3. Máquinas de recolha de encomendas em  níveis elevados.
    4. Estantes dinâmicas para a preparação de encomendas.
    5. Transportadores mecanizados.
    6. Circuito mecanizado para a realização do picking. Sistemas mercadoria-homem.
    7. Estações de classificação.
    8. Gestão informatizada de percursos e movimentos na gestão do armazém.
    9. Sistema totalmente automatizado de preparação.

PRODUTIVIDADE INFORMATIZADA:

APOIO INFORMÁTICO COMO FERRAMENTA DE MELHORIA E CONTROLO DA PRODUTIVIDADE

 

O documento possui 118 páginas, 48 gráficos, 25 tabelas e 2 desenhos.

 

ÍNDICE:

  1. Introdução e objectivos.
  2. Optimização do trabalho.
    1. Organização do armazém.
    2. Estudos de tempos.
  3. Capacidade do armazém.
  4. Cálculo dos meios de movimentação.
  5. Distribuição dos artigos nas paletes/meios de contenção.
  6. Cálculo de cais e/ou parques de carga e descarga.

GESTÃO DE STOCKS:

SISTEMAS LOGÍSTICOS DE GESTÃO E CONTROLO DE INVENTÁRIOS

 

O documento possui 47 páginas, 7 gráficos e 2 tabelas.

 

ÍNDICE:

  1. Introdução e objectivos.
    1. Introdução.
    2. Tipos de stocks.
    3. Objectivos da gestão de stocks.
  2. Fontes de informação necessárias.
    1. Introdução.
    2. Sistemas de informação.
    3. Factores relevantes a considerar.
  3. Classificação de sistemas de gestão de stocks.
  4. Descrição dos modelos principais.
    1. Introdução.
    2. Funcionamento da gestão de stocks.
    3. Modelos deterministas.
    4. Modelos não deterministas.
    5. Conclusões.
  5. Bibliografia.

CARACTERÍSTICAS PARTICULARES DA ARMAZENAGEM:

ARMAZENAGEM DE ALIMENTOS

 

Este documento é composto por 67 páginas, 15 gráficos e tabelas.

 

ÍNDICE:

  1. Introdução .
  2. Generalidades.
  3. Produtos perecíveis frescos de caducidade média e longa .
    1. Alteração dos produtos perecíveis .
    2. Noções de microbiologia.
  4. Armazenamento de produtos perecíveis .
  5. Armazenamento de produtos não perecíveis .
  6. Limpeza e desinfecção das instalações.
  7. Controlo de qualidade.

Principal Informação Clientes Actividades Software Novidades
Emprego Conteúdo Comentários Pesquisa E-Mail Associação


Copyright © 1997 [] Todos os direitos reservados
Outros produtos ou organizações aqui mencionados são marcas comerciais ou marcas registadas propriedade das respectivas organizações ou proprietários.
Enviar e-mail a [] com perguntas ou comentários relacionado com este Website.
Jose Carlos Ramírez Cauqui.